blefaroplastia

Blefaroplastia

A cirurgia de pálpebras,  conhecida como blefaroplastia é um procedimento simples porém, é uma cirurgia.

O paciente deve se preparar para esse procedimento realizando todos os exames pré-operatórios(sangue, avaliação da função cardíaca).

A anestesia na blefaroplastia pode ser sedação com anestesia local ou geral.  Como todo procedimento cirúrgico existem risco e portanto deve ser realizado em ambiente hospitalar.

Geralmente se retira o excesso de pele e de gorduras(bolsas palpebrais) nas pálpebras superiores. O mesmo procedimento pode ser realizado nas pálpebras inferiores. Porém a cirurgia será indicada pela função palpebral. Em alguns pacientes o “excesso de pele” inferior não é verdadeiro. A  aparência de sobra de pele se deve a flacidez de uma estrutura de cartilagem que fica ao redor das pálpebras, chamada tarso. Caso  essa condição seja diagnosticada no exame físico pré-operatório, a abordagem dessa região será diferente. Geralmente trata-se o tarso e muitas vezes não é necessário a retirada de pele das pálpebras inferiores.

Dra. Cristina Pires Camargo – CRM 65353

  • Médica formada pela Universidade de São Paulo em 1989.
  • Realizou residência médica em cirurgia geral e cirurgia plástica pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de São Paulo.
  • Ao longo da sua formação cursou vários cursos e estágios de especialização em cosmetologia, pesquisa clínica.

Residência Médica

  • Cirurgia geral (1990-1991) – Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo.
  • Cirurgia Plástica (1992-1994) – Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo.

Estágio Estrangeiro

  • Serviço de Cirurgia Plástica e Reconstrutiva do Aparelho Locomotor na Universidade de Nancy, chefiado pelo Prof. Dr. Michel Merle em Março de 1994.

Colaboração em livros

1. Manual de Microcirurgia em colaboração com M.C. Ferreira, P. Tuma Jr., G.T. Bonamichi, C.P. Camargo a ser editado pela EDUSP.
2. Condutas de Cirurgia Plástica nos traumatismos, Disciplina de Cirurgia Plástica e Queimaduras da Faculdade da Universidade de São Paulo Prof. Dr. Marcus Castro Ferreira – Publicado em 1991 pela Johnson amp; Johnson.

3. Condutas de Cirurgia Plástica para cirurgião geral. Ano I-volume 3.1995. Editor convidado Prof. Dr. Marcus Castro Ferreira pelo Congresso Brasileiro de Cirurgiões. Editora Robe.

4. Cirurgia Plástica. Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Estética e Reconstrutiva. Regional São Paulo. 1995. Editora Ateneu.

5. Tratado de Medicina Estética. Editor Mauricio de Maio. 2004. Editora Roca – Autora do capítulo de Lipodistrofia.

6. Co-autora de Entendendo Cosmecêuticos. Diagnóstico e tratamento. Sara Bentler. Editora Santos . segunda edição.2011.

Associações

  • Associação Paulista de Medicina desde 1992.
  • Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica desde 1992, como Membro Associado.
  • Plastic Surgery Research Council desde 2014.